Igreja S. Francisco e Capela dos Ossos

Os fundamentos desta casa religiosa remontam a 1224. Aqui decorreram factos da história nacional: casamento de D. Pedro (futuro rei) com D. Constança Manuel a 5 de Janeiro de 1336; da infanta D. Maria com D. Fernando de Aragão em 1345; dos príncipes herdeiros D. Afonso de Portugal com D. Isabel de Castela (filha dos Reis Católicos) em 1490, cerimónia considerada pelos cronistas como a mais pomposa da história portuguesa. Os reis D. Manuel e D. João III transformaram-na em capela real.

Neste convento houve durante séculos ensino de Teologia, Moral e Humanidades. O edifício foi saqueado duramente em 1808 com as invasões francesas. Em 1895 deu-se fim a grande parte do mosteiro, destruiu-se a parte de mosteiro e construíram-se casas e ruas. Muitos cavaleiros fidalgos, damas nobres e sacerdotes tiveram jazida no Mosteiro de S. Francisco.

A capela dos ossos, é dedicada ao Senhor Jesus dos Passos, ignora-se a data da conceção. Pensa-se que seria um antigo Dormitório quinhentista, e foi adornada com as ossadas que estavam no terreno do Mosteiro. Tem na entrada principal um dístico que diz: “Nós ossos que aqui estamos pelos vossos esperamos”.

No pavimento uma inscrição lapidar de um bispo assassinado às mãos dos assaltantes franceses em 1808.

Fonte: Espanca, Túlio – Inventário Artístico de Portugal: Concelho de Évora – Academia Nacional de Belas Artes, Lisboa 1966

 

Coordenadas GPS: 38°34'07.6"N 7°54'32.2"W

 

Local do carimbo:

Igreja de S. Francisco e Capela dos Ossos

Praça 1º de Maio 7000-650 Évora

Horários: Aberto todos os dias excepto: 1 de Janeiro; Domingo de Páscoa; 24 de Dezembro à tarde; 25 de Dezembro

VERÃO (1 de Junho a 30 de Setembro) - 9:00 às 18:30

INVERNO (1 de Outubro a 31 de Maio) - 9:00 às 17:00

Copyright © 2024 Portuguese Memories. - Powered by Modular & Cazulodesigners