Palácio Real de D. Manuel

O Paço Real de Évora também é conhecido como Paço Real de S. Francisco, teve as suas origens com D. Afonso V, estendia-se das portas do Rossio às do Raimundo. Aqui decorreram os festejos da boda de D. Afonso de Portugal com D. Isabel de Castela (filha dos Reis Católicos), festejos tão grandes que foram falados por toda a Europa.

Grande parte do edifício foi demolido ao longo dos tempos, primeiro nos reinados dos Filipes de Espanha e também em demolições de 1892-95.

D. João III residiu largos anos no palácio, tendo ampliado e enriquecido o palácio e os jardins, de tal modo que eram comentados Europa fora. Era quase tão grandioso como o Paço da Ribeira em Lisboa.

Nesta casa se deu a solene investidura de Vasco da Gama como comandante da frota de descobrimento do Caminho Marítimo para a Índia. A corte assistiu a autos de Gil Vicente e diz-se que este faleceu neste edifício em 1536.

Do valioso palácio, que ocupou vastíssimas áreas cobertas e descobertas, com vários corpos e pavilhões, resta-nos apenas a chamada Galeria das Damas.

Fonte: Espanca, Túlio – Inventário Artístico de Portugal: Concelho de Évora – Academia Nacional de Belas Artes, Lisboa 1966

 

Coordenadas GPS: 38°34'04.2"N 7°54'32.7"W

 

Local do carimbo:

Igreja de S. Francisco e Capela dos Ossos

Praça 1º de Maio 7000-650 Évora

Horários: Aberto todos os dias excepto: 1 de Janeiro; Domingo de Páscoa; 24 de Dezembro à tarde; 25 de Dezembro

VERÃO (1 de Junho a 30 de Setembro) - 9:00 às 18:30

INVERNO (1 de Outubro a 31 de Maio) - 9:00 às 17:00

Copyright © 2024 Portuguese Memories. - Powered by Modular & Cazulodesigners